!DOCTYPE html>

História do Pensamento Econômico - Uma Perspectiva Austríaca - Antes de Adam Smith

BAIXE O PDF AGORA!

Preencha os campos abaixo para receber o livro em sua caixa* de email e ter acesso vitalício a obra!

*O email pode estar na área de promoções ou de SPAM, não esqueça de conferir!!

E não se preocupe, não fazemos spam!!

Sinopse do Livro

O primeiro volume desta magistral obra escrita pelo professor Rothbard foi a primeira obra sobre a história do pensamento econômico, quiçá a maior de todas que trataram do assunto, de um ponto de vista austríaco. Com sua genialidade, escrita sagaz e sua perspicácia histórica, Rothbard -- para dar um aperitivo de suas teses --  traça as teorias econômicas desde a Antiguidade até o ponto de “início” da economia com Adam Smith, indo destemidamente na contra-mão de diversas teses mainstream tais como a de Max Weber e as de demais histórias do pensamento econômico: na gênese do capitalismo moderno, da própria análise econômica e das mais proeminentes teorias econômicas o pensamento religioso desempenha e desempenhou um papel mais que basilar.

Ao contrário do que se pensa, o capitalismo  possuiu muito mais influência do pensamento católico do que a ética protestante -- esta última, com sua ênfase no trabalho como um fim em si mesmo, antecipou, ao invés do capitalismo de livre mercado, as teorias de valor-trabalho que prenunciavam o socialismo. E Adam Smith, um protestante calvinista, foi, na verdade, não o Pai Fundador da economia e muito menos um defensor do livre mercado, mas sim um obscurecedor da sólida tradição europeia continental católica cujas teorizações econômicas em boa parte podem ser chamadas de “proto-austríacas” -- ou proto-marginalistas em contraposto às teorias protestantes do valor-trabalho. 

A história da economia, tal como a de qualquer outra ciência, não é, portanto, uma marcha que inerentemente progride, mas que anda, para usar o linguajar do autor, em “zigue-zague”, e Adam Smith foi um grande “zague” na história da ciência econômica. Com tudo isso, a economia se revela, portanto, como sendo uma ciência muito mais ampla, e o leitor não pode deixar de acompanhar esse verdadeiro esclarecimento das raízes dessa ciência que é tão controversa hoje -- e que foi tão controversa também no passado!